Porque (um pouco de) pressa é vida!

Posted sexta-feira, 28 de junho de 2013 by Francelle Machado
Voltei à vida social! No meu caso, voltei àquela combinação mágica de computador + Friends na televisão + chimarrão em companhia da mamãe! Alokaa, adóóóroooouunnn!! rsrsrsrsrsrs
Nas últimas duas semanas, a minha rotina foi super corrida, mesmo não saindo de casa. Estudei demais, li dois livros de 200 páginas ao mesmo tempo, e tentei entender coisas que já não tinha compreendido muito durante todo o semestre.

Quando chega o primeiro dia de férias, a primeira sensação é a de ter se libertado do nervosismo constante que as avaliações causam, mas logo depois disso vem uma sensação de utilidade muito grande. Porque? Senta que lá vem história! haháá


Deliver Me by Brightman (Sarah) on Grooveshark

Imagem por: WeHeartIt
Lá pelos meus amados 8 anos de idade, minha brincadeira preferida era a de executiva de negócios! Na época, nem sabia o que fazia uma executiva, mas achava super legal aquela rotina cheia de compromissos, com uma agenda sempre do lado e o celular tocando o tempo todo. Se eu peguei essa imagem dos filmes da Sessão da Tarde? Óbvio, mas me fazia feliz!
Imagem por: WeHeartIt

O fato é que hoje, com meus "1.9" aninhos de vida, eu sei diferenciar o que é legal e o que deve ser estressante em uma vida de executiva, mas algo não mudou: a vontade de me sentir "fazendo alguma coisa"!
Aliás, a faculdade tem me ensinado muito isso: mesmo que a vida seja agitada demais, se tu estiver fazendo algo que gosta, e se tiver um bom objetivo para tudo, não há o que te faça desanimar ou cansar dessa correria toda. Basta que todo o esforço faça parte de um longo caminho, onde as curvas ainda estão desfocadas, mas a linha de chegada esteja bem visível.

O certo seria que todo mundo tivesse um tempo pra si mesmo, pra curtir a família e os amigos, mas o que vemos por aí é uma pressa excessiva de todas as pessoas, porque esse é o mundo que temos: quem não corre por si mesmo, perde espaço. O que o povo todo precisava era de um dia chuvoso e sem luz. Só assim, com os computadores desligados, as pessoas conseguiriam olhar pra sua vida social com mais calma.
Aliás, esse é um dos motivos que me faz amar os dias chuvosos: eles nos fazem refletir sobre nós mesmos, parar um pouco, mesmo que seja em meio em uma avenida movimentada, pra prestar atenção nas gotas que caem do céu.

Mas é esquisito, porque se a pressa em excesso é algo chato, tédio em excesso também não presta. Digo por experiência própria, já que passei uns dois anos vivendo sem fazer basicamente nada com meu tempo, pois tudo me desmotivava. Ia pra escola e passava as tardes jogando no computador, sempre achando que faltava algo pra me deixar mais animada, ao mesmo tempo em que tudo que queria era olhar pela janela, pra observar a velocidade que as nuvens se moviam, enquanto o discador da internet insistia em não conectar...
...e quer saber? Faltava algo na minha vida mesmo. Faltava essa pressa, esses compromissos, esse monte de coisas por fazer que - no final das contas - me anima, e me faz sentir que algo está acontecendo, eu estou finalmente aproveitando o tempo com coisas que me farão crescer! 


Imagem por: WeHeartIt
Talvez o objetivo desse post soe um pouco distorcido pra você, fofo(a) leitor(a), mas o que quero dizer é: mesmo que sua vida esteja uma correria "desgranida" (desenterrando palavras aqui..rsrs), procure curtir cada momento. Até porque, mesmo que você estivesse naquelas férias eternas que às vezes tanto deseja, sua vida estaria com um déficit de aproveitamento enorme. Curta o momento, mesmo que esse momento possa parecer pesado e difícil de encarar. Não importa a carga horária que você tem no trabalho, na faculdade ou na escola. Pense que é isso, aliado aos seus objetivos e as suas alegrias, que te trarão à vida!
Mas claro, pra ser feliz, vem aquele conselho mega clichê, porém necessário: faça o que te faz feliz, tanto em trabalho quanto em faculdade ou cursinhos. Dinheiro ajuda muito, mas eu conheço muita gente cheia de money e sem felicidade alguma. Tudo porque pensaram em conseguir a grana primeiro e depois "comprar" a felicidade por aí...

Corra por você, corra por seus sonhos. Não tenha medo de viver na pressa, tenha medo mesmo é de viver sem motivos.

14 comentários :

  1. Marcelle Monteiro

    Eu também sempre achei legal a vida de executivo, até hoje acho né... Rs'. Quando eu ainda estava na escola, eu reclamava porque nunca tinha tempo para fazer o que eu realmente queria. Quando saí da escola, eu viajei e aproveitei porque nada havia para eu me preocupar. Depois, eu comecei a estudar para uma prova que iria fazer, eu realmente amava aquela tensão de ter que me esforçar todos os dias, mas eu fazia isso porque realmente amava. E agora eu não tenho obrigação nenhuma, nenhuma mesmo, pois só entrarei na faculdade no meio do ano, nada faço e me sinto uma inútil. Sinto-me feliz quando, como você falou, está tudo uma correria e tem coisas para eu me preocupar. Eu gosto de ficar só crescendo intelectualmente lendo um monte de livros, mas ter verdadeiras responsabilidades faz falta.
    http://doisquintos.blogspot.com.br/

  1. Thami

    Eu também achava vida de executivo legal e brincava de escritório sempre com as minhas amigas, era engraçado mas hoje nem é tanto. Agora que tenho 18 (quase 19), choro para ter minha vida inocente de volta. E tem tanta gente que apressa né? Afinal, correr atrás dos sonhos é uma coisa, agora correr atrás de um tempo que não é seu (que é o que está acontecendo hoje em dia com diversas crianças) é diferente. E eu to tentando aproveitar minhas férias o máximo que posso e pensando em trabalhar agora nas férias pra ter um dinheirinho para "bancar" as minhas saídas.

    xx,
    www.likeparadise.com.br

  1. Mayara Esther

    Nossa aprendi algo para o ano que vem. O primeiro semestre da faculdade era muito corrido eu nem tinha tempo para respirar direito sabe, parei de ver os meus amigos e perdi todas as minhas amizades por conta de deixar essa 'pressa' tomar conta da minha vida. E hoje me arrependo muito de ter feito o que fiz, mas prontos vamos lá continuando e tentando recuperar o que perdi.

  1. Unhas&bocas

    acho que muitas de nos tem sonhos de sermos grandes executivos... mas nunca é tarde!
    http://www.unhasebocas.blogspot.com.br/

  1. Dayane

    Adorei o post, as pessoas pensam tanto em como viver a vida, com trabalhos, estudos... Mas viver mesmo, acabam não vivendo né. Eu estou mega atarefada, estou de férias mas nem parece que eu estou kkkk mas mesmo assim, sempre procuro tirar um tempo pra mim, um tempo para viver né, pois a vida não é só feita de trabalho.
    Beijinhos
    Facebook do blog
    conversando-com-a-lua.blogspot.com.br

  1. Ela Oliveira

    Oi,
    Minha vida é uma correria só,mais procuro sempre tirar um tempo para fazer as coisas que eu gosto e relaxar um pouco!

    Páginas Em Preto

    Beijos

  1. Suzana

    Ultimamente me sinto da mesma maneira que você. Vejo um motivo em viver nessa correria, mas não quero de jeito nenhum deixar de lado o que realmente importa!

    Adolecentro

  1. Gabriela Gomes

    Sério que você brincava disso? eu também brincava kk E temos outra coisa em comum: também não gosto de ficar muito tempo sem nada pra fazer kk Lembro que alguns anos atrás quando eu não tinha compromissos e minha única coisa a fazer era estudar algum tempinho pra materiais fáceis, passava o resto do dia entediada, e isso era muito chato, por mais que eu estivesse fazendo algo, sentia que algo tava faltando. Hoje em dia, quando estou na correria, até brinco que sinto falta daquele tempo, mas nem tanto, ficar algum tempo sem nada pra fazer até pode ser legal, mas depois de um tempo enjoa, nos sentimentos inúteis kk Adorei muuuito o texto e super me identifiquei!
    www.espacegirl.com

  1. Pâm

    Adoreeeei o texto! Principalmente esta última frase ;)
    Falou tudo agora!

    Bjinhos ;*
    Pâm

  1. Caroline Ferraz

    Awn que fofo, Fran! Também adoro me sentir "na correria", porque eu sei que depois vem um merecido descanço + sentimento de dever cumprido, e muito bem cumprido ^^

    Att, Line
    putmerd.blogspot.com

  1. Fernanda Rodrigues

    Adoro as férias porque elas me permitem fazer coisas diferentes e reavaliar os caminhos que venho percorrendo.
    Ter objetivos e correr atrás deles é tudo!

    Um beijo,

    http://algumasobservacoes.blogspot.com/
    http://escritoshumanos.blogspot.com/

  1. Cássia Vicentin

    Quando ei era menor, meu sonho era ser secretária. Sério, aquilo parecia O emprego dos sonhos... pobre ilusão. Fim de semestre é um porre e férias é o melhor 'prêmio' para tudo isso.

    Beijos
    www.procurei-em-sonhos.com

  1. Bruna

    Olá
    Gostei do texto, realmente a vida é uma correria.
    Beijos

    cocacolaecupcake.blogspot.com.br

  1. MahPessoa

    Seus textos me motivam, Fran!
    Finalmente consegui uma folguinha agora, mas esses meses na escola têm sido péssimos. Ando muito estressada, estudando muito e mesmo assim sem conseguir tirar notas satisfatórias. Bem frustrante,né? E é aquela correria para conciliar aulas, aulas particulares, estudo em casa, resolução de exercícios e ainda as diversas coisas pra se fazer. A pessoa sente-se como se só vivesse para isso,sabe? Falta um motivo interessante para continuar. Acho que o me motiva é meu sonho de ser jornalista e trabalhar com uma das coisas que me deixam feliz: escrever.
    Vish, que comentário grandão,né? Mas, eu adoro comentar aqui! Me sinto muito bem quando venho no seu blog, de verdade.
    BLOG TRASH ROCK

Postar um comentário